Serviços

CONTRAN aumenta limite do comprimento dos caminhões cegonha em 60 centímetros

   O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) aumentou o limite do comprimento dos caminhões conhecidos como cegonha de 22,40 metros para até 23 metros, e entre eixos de 17,47 metros para até 18 metros.  A resolução nº 735, publicada na primeira quinzena de junho no Diário Oficial da União (DOU), tem o objetivo de atender à nova realidade do setor de transportes de veículos, que cresceram de tamanho nos últimos anos, demandando mais espaços nas cegonhas.

   A novidade atende a uma antiga reivindicação da categoria e beneficiará a vida de usuários em todo o país trazendo economia para o setor sem prejuízo para a segurança.

A alteração acomoda melhor as cargas

   O Sindicato Nacional dos Cegonheiros (SINACEG), que participou das negociações referentes às alterações que aumentaram o limite de comprimento de caminhões cegonha para 23 metros, comemorou a aprovação da Resolução 735/2018. “Isso muito nos alegra, pois com essas alterações, poderemos acomodar ainda melhor as cargas nos equipamentos e dentro das regras do CONTRAN”, explica o presidente do SINACEG, Jaime Ferreira dos Santos.

   Para emissão e maiores esclarecimentos sobre os procedimentos da nova documentação, procure o setor de Licença do SINACEG no Pátio de Apoio dos Cegonheiros (Rodovia Ligação Imigrantes / Anchieta, 114 – Bairro Batistini – ao lado da Fundação Casa – São Bernardo do Campo/SP. Telefones para contato: (11) 4347-8468 e 4396-2085.

A novidade atende a uma antiga reivindicação da categoria